Obra médico-missionária

Sermões sobre a obra médico-missionária em 1893

Houve várias tentativas de integrar a obra médico-missionária (saúde) com a obra ministerial (pastoral). Ellen White escreveu que “quando ministros do evangelho e obreiros na atividade médico-missionária não estão unidos, lança-se sobre nossas igrejas o pior mal possível” (Medicina e Salvação, p. 241).

Muito antes de sua apostasia, John Harvey Kellogg estava fazendo uma excelente obra na linha médico-missionária. Ele foi fortemente impactado pelas reuniões de Minneapolis em 1888. Descrevendo o ocorrido, Ellen White afirmou: “Após a reunião em Minneapolis, o Dr. Kellogg era um homem convertido, e todos nós sabíamos disso. Podíamos ver o poder convertedor de Deus trabalhando em seu coração e vida” (Review and Herald, 14 de abril de 1903).

Na sessão da Conferência Geral de 1893, Kellogg apresentou uma série de palestras tratando desse tema. Estas são de valor especial em nossa compreensão da ligação existente entre a obra ministerial e a obra de saúde na denominação. Ressaltam também a importância que a obra médico-missionária terá no término da obra. Ellen White declarou: “Desejo dizer-vos que em breve nenhuma obra será realizada pelo plano ministerial senão a obra médico-missionária” (Conselhos sobre Saúde, p. 533).

Nesse contexto é que apresentamos essa coleção de sermões apresentados em 1893 no periódico adventista The Medical Missionary. Para visualizar os sermões clique aqui.