Supostos Erros Históricos

Mesmo tendo muitos eventos do passado sido mostrados a ela, nem Ellen White nem seu filho jamais afirmaram que todos os detalhes históricos mencionados em seus escritos fossem providos pela visão do Senhor. Ellen White declarou que usou “fatos” que eram “bastante conhecidos e universalmente reconhecidos” (Ver O Grande Conflito, pp. 13 e 14). Ela escreveu, por exemplo: “Em 1816 fundou-se a Sociedade Bíblica Americana” (O Grande Conflito, p. 287). Não há razão para acreditar que este tipo de informação foi provido em visão.

W. C. White [filho de Ellen White] afirmou:

“A estrutura do grande templo da verdade sustentado por seus escritos foi-lhe apresentada claramente em visão. Nalguns aspectos desta obra, a informação foi dada detalhadamente. No tocante a outros aspectos da revelação, como são aspectos da cronologia profética, quanto à ministração no santuário e às modificações que ocorreram em 1844, o assunto lhe foi apresentado muitas vezes, e pormenorizadamente em numerosas ocasiões, e isto a habilitou a falar muito clara e positivamente a respeito das colunas fundamentais de nossa fé.

“Nalgumas das questões históricas, como as que são realçadas em Patriarcas e Profetas , em Atos dos Apóstolos e em O Grande Conflito , as partes principais foram tornadas muito claras e evidentes para ela, e quando passou a escrever sobre esses assuntos, teve de estudar a Bíblia e a História, a fim de obter datas e relações geográficas e completar sua descrição dos pormenores” (Mensagens Escolhidas, vol. III, p. 462).

Numa carta para W. W. Eastman, W. C. White declarou:

“Quando foi escrito O Grande Conflito , Mamãe não imaginava que os leitores o considerariam uma autoridade em datas históricas ou o usariam para resolver controvérsias acerca de pormenores da História, e ela não acha agora que ele deve ser usado dessa maneira” (Mensagens Escolhidas, vol. III, p. 447).

W. C. White também escreveu para S. N. Haskell sobre o mesmo assunto, afirmando que:

“Cometeremos um grande erro se pusermos de lado a pesquisa histórica e o empenho para esclarecer questões históricas usando simplesmente os livros de Mamãe como uma autoridade quando ela mesma não deseja que sejam usados dessa maneira” (W. C. White para S. N. Haskell, 31 de outubro de 1912).

Ao apresentar sua posição de maneira que ficasse para o futuro, Ellen White não se baseou somente nas revelações que Deus lhe deu, mas também nos registros do passado. Não era seu objetivo escrever um compêndio de história. Ao invés disso, nas palavras de W. C. White, “A principal finalidade das passagens escritas por historiadores e extraídas por ela não era escrever uma nova história, nem corrigir erros da história, mas usar ilustrações de valor para elucidar importantes verdades espirituais” (W. C. White para L. E. Froom, 18 de fevereiro de 1932).


Fonte: [Extraído de R. W. Olson, 101 Questions on the Sanctuary and on Ellen White, pp. 48 e 49.]


PDF: Supostos Erros Históricos