DEPOSITÁRIOS DE ELLEN G. WHITE

Quem são os membros da comissão de depositários nomeados por Ellen G. White? Quem são os integrantes atuais? Onde trabalham? Quais foram as primeiras compilações realizadas?

Daniel Oscar Plenc

Menciona-se a continuação e nomeação completa da Comissão de Depositários das Publicações de Ellen White (Chairmen White Estate Board of Trustees) desde a sua fundação: Arthur G. Daniells (1915, 1922 – 1935), Francis M. Wilcox (1915 – 1922, 1938 – 1944), John E. Fulton (1935-1936), John L. Shaw (1936-1937), Milton E. Kern (1944-1951), Denton E. Rebok (1952), Albert V. Olson (1952-1963), Francis D. Nichol (1963-1966), W. Paul Bradley (1966-1980), y Kenneth H. Wood (1980-).

Em seu testamento de 1912, Ellen White nomeou uma comissão de cinco membros como custódios de seus escritos depois da sua morte. Os depositários originais, com suas idades, e seus lugares de serviço se apresentam a seguir: G. Daniells (1858-1935), Presidente da Associação Geral; F. M. Wilcox (1865-1951), Editor da Review and Herald; C. H. Jones (1850-1936), Gerente da Pacific Press; C. C. Crisler (1877-1936) secretário de Ellen G. White, e W. C. White (1854-1937), filho de Ellen G. White. Com o crescimento da Igreja, a lista de depositários se amplia a sete membros em 1950 e tem hoje em dia um número de quinze. Os atuais integrantes são: Kenneth H. Wood (presidente), James R. Nix (secretário), William G. Johnsson, Kathleen Kuntaraf, Harold L. Lee, Baraka Muganda, Jan Paulsen, Humberto M. Rasi, George W. Reid, Rowena R. Rick, Donald E. Robinson, Don C. Schneider, Francis W. Wernick, Neal C. Wilson, y E. Edward Zinke. Cinco deles são depositários vitalícios e dez foram eleitos, os que foram eleitos servem por cinco anos e os vitalícios até a idade de 75 anos. A partir desse momento podem aposentar-se. No momento os depositários vitalícios são: W. Johnsson, G. Reid, F. Wernick, N. Wilson y K. Wood e os depositários aposentados são D. Arthur Delafield, Paul Gordon, Robert Olson y Juan Carlos Viera.

A oficina Elmshaven foi construída em 1903 atrás da casa de Ellen White em Santa Elena, California. Em 1907,  ali foi inaugurada uma biblioteca e uma seção de manuscritos. A oficina do Patrimonio White funcionou neste lugar desde a norte de Ellen White em 1915 até 1938. Em 1938 o Patrimonio White foi transferido da oficina de Elmshaven ao edificio da Associação Geral em Takoma Park, Maryland. Os materiais do Patrimonio White foram levados em 1952 à uma seção ampliada, na qual permaneceram até a abertura de novas oficinas na Associação Geral em Silver Spring, Maryland, em 1980.

Ellen G. White deu a Igreja um total aproximado de 100.000 páginas em forma de livros, 4.500 artigos de revistas, folhetos, manuscritos, diários pessoais e umas 1000 cartas, e elegeu cinco homens como membros vitalícios de uma comissão de depositários permanente, como responsáveis pelo cuidado e a difusão destes escritos. Os depositários tem a missão de seguir publicando os livros da Sra. White, distribuí-los em outros idiomas e ocuparem-se da publicação das compilações dos manuscritos.

As compilações realizadas pelos depositários durante os primeiros 50 anos incluem os seguintes livros: Fundamentals of Christian Education (1923), Counsels on Health (1923), Testimonies to Ministers (1923), Christian Service (1925), Messages to Young People (1930), Medical Ministry (1933), Counsels on Diet and Foods (1938), Counsels on Sabbath School Work (1938), Counsels on Stewardship (1940), Evangelism (1946), Counsels to Writers and Editors (1946) The Story of Redemption (1947), Temperance (1949); Welfare Ministry (1952), The Adventist Home (1952), My Life Today (1952), The Colporteur Ministry (1953), Child Guidance (1954), Sons and Daughters of God (1955), Selected Messages (1958) volumes 1 e 2, Love Unlimited (1958), The Faith I Live By (1958), Our High Calling (1961),That I May Know Him (1964).


PDF: DEPOSITÁRIOS DE ELLEN