Publicação não autorizada de Compilações

Uma das questões que deveria receber atenção é a publicação não autorizada dos escritos da Irmã White.

A publicação de compilações

Sobre a questão de publicar compilações de seus escritos, a Irmã White escreveu o seguinte em 1894:

“Posso ver claramente que todos que pensam que são qualificados para escreverem um livro seguem sua imaginação e têm suas produções publicadas, insistindo em serem recomendados por nossas casas publicadores, haveria muito joio semeado espalhado em nosso mundo. Muitos do nosso próprio povo estão me escrevendo, pedindo com muita determinação o privilégio dos meus escritos para fortalecer certos assuntos que eles desejam apresentar ao povo, de certa forma que eles deixem uma profunda impressão sobre eles.”

É verdade que existe um motivo para alguns desses assuntos serem apresentados, mas eu não me aventuraria em dar minha aprovação para o uso dos Testemunhos dessa forma ou em sancionar a colocação de questões que, são boas por si só da forma que eles propuseram.

As pessoas que fazem essas proposições para que eu saiba, devem ser capazes de conduzir a empresa da qual eles escrevem de forma sábia, mas, não obstante, eu ouso não dar a mínima licença para o uso dos meus manuscritos da maneira que eles propõem. Ao tomar conta de tal empresa, existem muitas coisas que devem ser levadas em consideração, pois ao usar os Testemunhos para reforçar alguns assuntos que podem impressionar a mente do autor, os extratos podem dar uma impressão diferente daquela que eles dariam se fossem lidos no seu contexto original.

MS-23-1911

 

Autor: Ellen G. White

Fonte: Ms 23, 1911

Tradução: Giovanna Finco


PDF: Publicação não autorizada de Compilações