Podemos saber que estamos salvos

Ellen White disse que não podemos saber se estamos salvos?

 

Qual foi a resposta da Sra. White sobre o conceito de que uma vez salvo, sempre salvo?

Ellen White de fato escreveu: “Nunca se deve ensinar aos que aceitam o Salvador conquanto sincera sua conversão, que digam ou sintam que estão salvos” (Parábolas de Jesus, p. 155). No entanto, um exame minucioso de suas advertências concernentes a esse assunto revela que, dentro do contexto, ela não estava falando contra a certeza da situação presente do crente com Deus.  Em vez disso, ela estava advertindo contra o presunçoso ensinamento da segurança eterna expressado pelo “uma vez salvo, sempre salvo”. De fato, ela estava falando contra declarar “estou salvo” e continuar a transgredir a lei de Deus. Aqui está a declaração inteira:

A queda de Pedro não foi repentina, mas gradual. A confiança em si mesmo induziu-o à crença de que estava salvo, e desceu passo a passo o caminho descendente até negar a Seu Mestre. Jamais podemos confiar seguramente em nós mesmos ou sentir, aquém do Céu, que estamos livres da tentação. Nunca se deve ensinar aos que aceitam o Salvador, conquanto sincera sua conversão, que digam ou sintam que estão salvos. Isso é enganoso. Deve-se ensinar cada pessoa a acariciar esperança e fé; mas, mesmo quando nos entregamos a Cristo e sabemos que Ele nos aceita não estamos fora do alcance da tentação. A Palavra de Deus declara: “Muitos serão purificados, e embranquecidos, e provados.” Daniel 12:10. Só aquele que “sofre a tentação… receberá a coroa da vida.” Tiago 1:12. (Parábolas de Jesus, p. 155)

A seguinte observação feita pela Sra. White durante uma assembleia da Associação Geral é uma evidência de que ela entendeu o correto fundamento da certeza do cristão: “Cada um de vocês deve por si mesmo saber que tem um Salvador vivo, que Ele é o seu auxiliador e deu Deus. Vocês não precisam declarar: ‘Eu não sei se estou salvo. ‘ Vocês creem em Cristo como seu Salvador pessoal? Se cem, alegrem-se” (The General Conference Bulletin, 10 de abril de 1901)

FAGAL, William. 101 perguntas sobre Ellen White e seus escritos. Tatuí, SP : Casa Publicadora Brasileira, 2013, p. 120 .


PDF: Ellen White disse que não podemos saber se estamos salvos