O que ensina Ellen White sobre reverência?

Daniel Oscar Plenc

Reverencia tem a ver com o nosso conceito sobre Deus e das coisas sagradas. Em Ellen White encontramos a mesma tensão que nas Escrituras. Por um lado fala da transcendência e soberania de Deus, convidando as pessoas a um culto solene, digno, organizado e reverente. Por outro lado destaca a presença amorosa de Deus entre nós, nos animando a sermos mais companheiros dEle e com os outros crentes em um culto caracterizado pela naturalidade, a espontaneidade e a alegria. (C. Raymond Holmes, Sing a New Song!: Worship Renewal for Adventists Today [Berrien Springs, Michigan: Andrews University, 1984], 163-164).

Os objetos da reverência:

Podemos extrair dos escritos de Ellen White idéias claras sobre os objetivos da reverencia.

1) Reverência para com a palabra de Deus: As Escrituras devem ser manejadas com muito cuidado. Devemos abri-las com grande reverencia e não em forma descuidada… (Alza Tus Ojos, p. 366). Particularmente diante das crianças e dos jovens, a Palavra de Deus deve ser tratada com respeito e reverencia (Consejos Para Los Maestros, p. 413). Ele nos aconselha a estudar com reverencia e muito temor. (Consejos Sobre La Salud, p.366). Com humilde reconhecimento da nossa incapacidade devemos abrir a Sua Palavra com tanta reverencia como se estivéssemos nos colocando em Sua presença. (Joyas de Los Testimonios, p. 2:309). As Escrituras devem ser estudadas com paciência, reflexão e oração. Deixando de lado toda a frivolidade, deve-se solicitar toda a iluminação do Espírito Santo. Temos que abordar o estudo da Bíblia com reverencia, sentindo que estamos na presença de Deus. (Mensajes Para Los Jovenes, p. 259 e Testimonios Selectos, p. 4:398)

2) Reverência para com o nome de Deus: Devemos ser cuidadosos com o nome de Deus, inclusive quando oramos. Nunca se deve tocar nesse nome com indiferença e na oração deve-se evitar a sua repetição muito frequente ou desnecessária. “Vi que o Santo nome de Deus deve ser usado com reverencia e temor. As palavras Deus Todo-Poderoso quando são ditas juntamente em oração de uma maneira descuidada e negligente, isso desagrada a Deus…” (Early Writings, p.122).

3) Reverência para com a lei de Deus: O olhar reverente dos querubins representava a reverencia que agradava a Deus. (Patriarcas e Profetas, p. 360). Do mesmo modo, os filhos obedientes de Deus tem que mostrar as suas reverencias para com a Sua lei. (Joyas de Los Testimonios, p. 2:31).

4) Reverência para com a casa de Deus: Uma boa ilustração dos ensinos de Ellen White sobre a reverencia dentro da igreja é o capítulo “La conducta en la casa de Dios” no livro Joyas de los testimonios, 2:193-203. A autora mostra que um adequado conceito da grandeza, santidade, e poder de Deus produzirão a atitude correta. A humildade e a reverencia devem caracterizar o comportamento de todos os que estão na presença de Deus. No nome de Jesus, podemos nos cercar de confiança, mas não se deve fazer isso nem com ousadia nem com presunção como se Ele estivesse no mesmo nível que nós. (Patriarcas e Profetas, pp. 256, 257, lê-se também: PP. 374, 375). Ellen G. White deixou-nos recomendações concretas. Entre elas a do cuidado pelo adorno e pela higiene pessoal. Ela diz que os crentes não devem ser descuidados na maneira como se vestem e nem usar no culto de adoração a mesma roupa que usam durante a semana. (Mensagens Escolhidas, p. 2:540). Ela também recomenda evitar definitivamente toda e qualquer tipo de conversa durante o sermão. (Mensagens Para os Jovens, p. 264), assim como as risadas e os cochichos.  Quando o culto termina, é aconselhado sair organizadamente e sem conversa.


PDF: O que ensina Ellen White sobre reverência?