Conselhos Sobre Raio-X e Tratamentos Elétricos

Conselhos sobre raio-x e tratamentos elétricos

17 de Junho de 1906

Equipamentos da sala de tratamento

“Estive dias pensando em te escrever, mas eu não podia, pois chegaram muitas coisas que exigiam atenção imediata. Talvez eu tenha te escrito sobre o equipamento de suas salas de tratamento, mas temo que não, então vou direto ao ponto.”

“Quando estávamos no Sanatório Paradise Valley, fomos conduzidos através das novas salas de tratamento. Uma das salas estava elaboradamente equipada com aparelhos elétricos para o tratamento dos pacientes. Naquela noite fui instruída de que algumas pessoas que se conectavam com a instituição estavam introduzindo elementos que não eram seguros, no tratamento dos enfermos. O uso desses tratamentos elétricos envolveria os pacientes em sérias dificuldades, arriscando suas vidas.”

“Alguém estava conversando com os médicos, e com muita seriedade dizia: ‘Nunca, nunca execute seus planos maravilhosos. Muitos aparelhos mecânicos que foram trazidos para as salas de tratamento são caros, e os homens que fazem especialização no tratamento de certos casos estão sujeitos a cometerem graves erros.”

“Há homens que se especializam no tratamento do reto, e algumas pessoas sentem que foram grandemente beneficiadas. Mas eu fui instruída que esse tratamento, assim como muitas operações cirúrgicas, deixa muitas debilidades graves.”

“Mencionaram que muitas coisas que foram trazidas ao Sanatório não eram necessárias e que não deveriam ter sido compradas sem antes consultar outros médicos. A quantidade de dinheiro que algumas dessas máquinas custaram e o salário que deve ser pago a quem às opera deveria ser levado em consideração.”

“Agora tenho certeza que se deve tomar muito cuidado ao comprar instrumentos elétricos e equipamentos mecânicos caros. Mexa-se devagar, Irmão Burden, e não confie nos homens que supõem que entendem o que é essencial, e em quem se lança em gastar dinheiro com muitas coisas que precisam de especialistas para lidar com elas”.

“Por muitas vezes fui instruída que muitas dessas máquinas caras e elaboradas usadas nos tratamentos, não ajudaram no tratamento tanto quanto elas deveriam. Com elas não conseguimos resultados tão bons quanto com os nossos simples aparelhos que usávamos em nossas experiências anteriores. O uso de água de várias formas simples é uma grande benção.”

“Fui instruída de que o raio-x não é tão grande benção quanto alguns supõem que é. Se usado de forma imprudente  ele pode causar muito mal. Os resultados de alguns tratamentos elétricos é similar aos resultados do uso de estimulantes. Há uma debilidade que segue.”

“Terei mais o que dizer sobre esses assuntos mais tarde, mas gostaria de dizer que todos os pacientes deveriam se manter fora do prédio o máximo possível, e muitos serão beneficiados ao dormirem ao ar livre.”

“Mantenha os pacientes fora das portas o máximo possível, e dê a eles ânimo, conversas felizes no salão, com simples leituras e lições da Bíblia fáceis de serem entendidas, isso será um encorajamento para a alma. Fale sobre reforma de saúde, e você, meu irmão, não se torne um portador de fardos em tantas formas que você não possa ensinar simples lições sobre reforma de saúde. Aqueles que saem do Sanatório deveriam sair tão bem instruídos que poderiam ensinar aos outros os métodos para tratarem suas famílias.”

“Existe o risco de gastar tanto dinheiro no maquinário e nos aparelhos que os pacientes nunca poderão usá-los nas suas lições em casa. Eles deveriam preferir aprender sobre como regular a dieta, para que a máquina viva de todo o ser funcione em harmonia. Tornem-se inteligentes ao considerar a importância de deixar de lado espartilhos e encurtar suas saias. Tais lições têm muito mais valor para as mulheres do que elas podem estimar.” – Carta para J. A. Burden, 17 de Junho de 1906, Publicado na Medical Evangelistic Library, No. 5, págs. 18-20.

 

Autor: Ellen G. White

Destinatário: J. A. Burden

17 de junho de 1906

Tradução: Giovanna Finco


PDF: Conselhos Sobre Raio-X e Tratamentos Elétricos